Blog

  • Home
  • /
  • Blog
  • /
  • 8 práticas de gestão empresarial para você se inspirar!
  • 29/01/2020
  • DotSE
  • Social

8 práticas de gestão empresarial para você se inspirar!

Transformar a forma como você, empreendedor(a), faz a gestão da sua organização, às vezes é o ponto chave que falta para alavancar seu negócio

Se você, empreendedor(a), busca melhorar a forma como faz a gestão do seu negócio, seja em que área for, este artigo é para você! Logo abaixo, lhe damos ideias para implantar no seu dia a dia corporativo e transformar a forma como você administra sua empresa, mas também a maneira como seus colaboradores lhe enxergam. Afinal, um líder deve ser referência positiva para a equipe, concorda? Topa conhecer essas dicas valiosas? Segue a leitura e inspire-se! 😍

1 - Uma empresa não se faz sozinha! 

Se você não contasse com colaboradores, fornecedores e clientes, sua empresa estaria ativa? Vamos concordar que não, né?! As pessoas são importantes e todas têm opiniões. Dê atenção à sua equipe. Ouça o que eles têm a dizer: sugestões, reclamações, comentários… Mais cabeças pensando ao mesmo tempo é sinônimo de mais ideias. Sua organização conta, com toda a certeza, com mentes brilhantes. Para que expressem sua criatividade, dê à elas oportunidade!

2 - Humanos não são máquinas! 

Valorize seus colaboradores e invista neles. Trate-os da mesma forma com que trata seus parceiros de negócio. Seja humilde! Dê chance para que os novos funcionários se desenvolvam. Se necessário, remaneje-os de setor. Compreender quais são as potencialidades e dificuldades de cada um fará com que tomem juntos decisões positivas para as duas partes. 

3 - Aja com transparência!

Empreendedores transparentes desenvolvem um sentimento de respeito mútuo entre os membros de uma equipe. Portanto, seja claro em suas ações! Isso faz com que passe uma imagem positiva à seus colaboradores, que terão confiança em você. Inclusive, sentem-se seguros para expressar sua posição dentro da empresa. 

Uma prática que pode ser adotada em sua organização é a criação de canais de comunicação, como o Facebook Workplace ou grupo no Whatsapp. Você pode divulgar informações que interessam à toda a equipe, como os lucros, prejuízos e investimentos da empresa. No momento em que os trabalhadores visualizam a evolução dos trabalhos, compreendem a importância que têm nos processos corporativos. Isso engaja todos! 

4 - Seja imparcial!

Trate todos os seus colaboradores da mesma forma. Avalie e tome decisões de forma imparcial, ou seja, sem a interferência de interesses pessoais. Questione o porquê da ocorrência de determinada falha e deixe que o colega explique os motivos de tal ocorrido. Seja justo e honesto! 

5 - Seja um líder, não um patrão!

Conheça sua empresa e seus colaboradores. Saiba comunicar-se com todos. Definam, em conjunto, uma metodologia de trabalho diferenciada que faça parte da cultura da empresa. Seja coerente em seus discursos e ações e pratique o que prega; ético; entusiasmado; proativo; otimista; parceiro; e assíduo. A relação entre diretor e colaboradores deve ser horizontal, não vertical.  

6 - Seja flexível e comprometido!

Cumpra com o que promete. Não prometa o que não pode cumprir. Caso não seja possível executar algo, esclareça o porquê à todos. Um relacionamento saudável precisa de confiança! Também seja realista. Defina metas que são possíveis de atingir na realidade em que trabalham e que contribuam para a qualidade de vida no ambiente corporativo.

7 - Seja acessível!

Esteja sempre de portas abertas e disponível para receber seus colegas. Encoraje-os a chegar até você para esclarecer dúvidas, reportar algum fato ou dar sugestões. Ouça-os  antes de responder. Respeite o que seus funcionários lhe dizem. Converse individualmente com cada colaborador no início de cada mês para saber como foi seu trabalho no mês anterior, suas dificuldades e como está se sentindo na empresa. Dê seu feedback em relação ao desempenho do colega. Ele, com certeza, se desenvolverá profissional e pessoalmente.

8 - O que realmente motiva sua equipe?

Nem tudo o que motiva um dos colegas, motiva os outros. Considere motivadores diferentes e identifique o que motiva cada indivíduo. Se o motivador for o dinheiro, busque aumentar o salário, se possível. Caso o funcionário sinta-se bem em trabalhar em casa, oportunize momentos para que exerça sua função fora da empresa, de acordo com as possibilidades da sua corporação. 

Outro motivador pode ser o tempo. Proporcione momentos para que o funcionário resolva questões pessoais, como fazer um check-up da saúde, passar um tempo com seus filhos, ou para relaxar e recuperar as energias. O motivador adequado estimula! Ah, e não deixe de agradecer SEMPRE o trabalho de cada um. A gratidão é essencial!